Núcleo dos Cirurgiões Pediatricos da Bahia

Imagem

Boa tarde Paciente / familiar. É um prazer recebê-lo em nosso site

Patologias

CLIQUE NAS ÁREAS MARCADAS ABAIXO [+] E SAIBA MAIS SOBRE CADA SEÇÃO.

cabeça e pescoço
tórax
abdomen
membros superiores
pelvis e aparelho gênito urinário
membros inferiores

Colelitíase (pedra na vesícula)


DEFINIÇÃO

Presença de cálculos (pedras) na vesícula biliar.

APRESENTAÇÃO

A colelitíase pode ser assintomática (sem nenhuma queixa) ou apresentar dor tipo cólica, de forte intensidade, no quadrante superior direito do abdome, podendo se prolongar até a região do estômago. Muitas vezes, a dor está associada a náuseas e vômitos esverdeados (biliosos). Alguns pacientes referem que a alimentação gordurosa pioram estes sintomas.

A ultrassonografia de abdome superior mostra imagens circulares no interior da vesícula biliar. Os cálculos podem ser mistos, de colesterol, pigmento ou cálcio.

COMPLICAÇÕES

A dor é a principal manifestação da doença e a mais comum indicação de cirurgia.

A obstrução do canal biliar pode acontecer quando o cálculo impacta dentro do canal e não permite a drenagem da bile. Este quadro pode progredir para um processo inflamatório (colecistite) que, quando não tratado adequadamente, pode evoluir para infecção grave.

Migração do cálculo para dentro da via biliar ocorre quando este consegue sair da vesícula, porém, fica dentro do colédoco (via biliar), podendo causar infecção grave (colangite), com icterícia (olhos amarelados).

TRATAMENTO

A cirurgia deve ser programada, de preferência, fora da crise biliar e sem sinais de infecção. Pode ser realizada pela videocirurgia ou pela forma convencional, aberta, através de uma incisão (corte) no abdome.

O paciente recebe anestesia geral, em ambiente hospitalar. Na maioria dos casos, a dieta poderá ser iniciada 6 horas após a cirurgia e, geralmente, a alta hospitalar é dada após 24-48h.

Em alguns poucos pacientes, bem selecionados, já é possível operar em hospital dia, por videocirurgia.

COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS

As complicações são raras, mas pode ocorrer infecção na ferida operatória, abertura dos pontos (deiscência), hérnia incisional, abscesso intrabdominal, fístula biliar, sangramento, pancreatite, atelectasia , dor no ombro, enfisema subcutâneo, etc.

LOCAIS DE ATENDIMENTO REDE PÚBLICA (SUS)

1. Hospital Santo Antônio

2. Hospital Martagão Gesteira

LOCAIS PARA TRATAMENTO NA REDE PRIVADA(CONVÊNIOS-PARTICULAR):

1. Hospital Santa Izabel

2. Ceci- Clínica de Especialidades Pediátricas

3. CEMIB –Clinica Especializada Materno Infantil da Bahia

4. Memorial Itaigara

5. Hospital Aliança

6. Hospital Jorge Valente

7. Hospital São Rafael

8. Hospital Tereza de Lisiuex – Hapvida

9. Hospital Santo Amaro

10. Uniday

 

"Para mais informações procure o seu Cirurgião Pediatra"

"Em nenhuma circunstância as informações aqui publicadas substituem a consulta com o seu médico"

NÚCLEO DE CIRURGIÕES PEDIÁTRICOS DA BAHIA
Rua Altino Sebeto de Barro, 173 - Sala 1202, Edf. Atlantis Multi Empresarial - Bairro Itaigara - CEP 41870-570 - Tel.: (71) 3506-5684. Acesso Restrito Administração. Desenvolvido por RanderNet